VAMOS DAR AS MÃOS SEMPRE

Os trigais da vida

 

Um pai de família adquiriu alguns alqueires de terra fértil, construiu sua casa no meio do terreno, preparou bem o solo e plantou um enorme trigal. A plantação, que era bem cuidada pela família, cresceu e se desenvolveu.

Certo dia, enquanto cuidava das lidas diárias do lar e preparava o almoço, a dona da casa percebeu que a criança de 2 anos de idade, que estava no terreiro brincando com as demais, havia sumido. Procurou-a em volta da casa e não a encontrou.

Seu marido, ao chegar para o almoço, ficou sabendo do ocorrido e imediatamente começou a procura-la desesperadamente, em meio ao trigal alto e fechado, que dificultava a visibilidade. Mas nada de encontrá-la.

Chegaram os vizinhos e se juntaram ao grupo, mas tudo em vão! A noite caiu e nem sinal da criança. Essa noite foi um pesadelo, pois a família não dormiu pensando na criança indefesa e que se encontrava desaparecida.

Logo ao amanhecer, reiniciaram a angustiante procura. Era choro e lamentos, mas não havia meios de encontrar a criança. Então, por volta de meio-dia, alguém propôs: “- vamos dar as mãos e fazer um arrastão de cima a baixo no trigal, porque se a criança estiver mesmo aqui, nós a encontraremos”. E assim fizeram. Esse ato deu certo, mas devido ao mau tempo a criança já estava morta. A mãe abraçando o filho sem vida, exclamou: “- Por que não demos as mãos antes?”.

 

Deem as mãos para não perder seus filhos nos trigais da vida!

Pais e mães, precisamos dar as mãos para não perder nossos filhos no “trigais” da vida, como por exemplo: o vício da bebida, do sexo e das drogas. Se fizermos isso, será mais difícil ocorrer algo assim com eles!

Cuidado com as intempéries da vida, é preciso arranjar tempo para os filhos, deixando de lado trabalho e todas as outras coisas para conversar e aconselhar os seus filhos. Assim, evitará usar o dinheiro que ganha para pagar uma clínica de recuperação a seu filho. Pois, por melhor que seja a pessoa que cuida de dele, falta o amor, o calor, o carinho, até a bronca, ou seja, a identidade do filho com os pais. E o mais importante, falta o cheiro da mãe.

Ensine a realidade da vida para seu filho, converse com ele sobre as desigualdades sociais, explique como são as coisas… Não importa se ele tem 2 anos ou mais, ele vai entender!

Cuide para que seu filho não deixe de sentir sua falta, de desejar ficar perto de você, de querer sair com você, pois isto pode ser sinal de que o trigal está ficando alto e dificultando a visão de seu filho.

Converse com seu filho sobre religião, diga-lhe que Deus é nosso criador e Senhor. Ensine a ele que Jesus morreu para nos salvar do pecado, ensine-o a amar, perdoar, a pedir perdão, a dizer por favor, com licença, obrigado, a ser gentil, a ser humilde. Isso é algo que só vai fazer bem a ele.

Porque:

  • Amar gera amor.
  • Perdoar gera perdão.
  • Ser humilde gera humildade.
  • Ser bom gera bondade.
  • Ser feliz gera felicidade.
  • Ser gentil gera gentileza.

Dar bom dia gera um sorriso, e mesmo que ache que isso é bobagem, a pessoa que recebe esse bom dia irá se sentir feliz, e consequentemente você também começará o seu dia mais alegre!

Então, tenha um BOMMMMMM DIA!!!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×